23 abr 2001 - 19h34

Furacao.com está de luto pela morte de Caju

O primeiro grande ídolo do Atlético foi o goleiro Alberto Gottardi. Ele defendeu as cores rubro-negras por sete anos, sendo sempre considerado o maior goleiro do Estado. Foi bicampeão invicto em 1929 e 30. Quando pendurou as chuteiras em 33, passou a condição de titular da meta atleticana a seu irmão, Alfredo Gottardi, o Caju. O jovem garoto de então 18 anos, estreou num Atle-tiba. Com defesas maravilhosas, amor à camisa rubro-negra e muita dedicação ao Clube, tornou-se o maior ídolo da História do Clube Atlético Paranaense. A Majestade do Arco, como ficou conhecido, defendeu o rubro-negro por 17 anos. Chegou à Seleção Brasileira e foi eleito o melhor goleiro da América do Sul em 1942, quando disputou o Sul-Americano como titular na meta brasileira. Depois de encerrar a carreira, continuou no clube, ajudando em reformas na Baixada e exercendo várias funções no Atlético. Foi campeão em 34, 36, 40, 43, 45 e 49. Participou do Furacão de 49, sendo considerado “Doutor em Futebol”. Foi ainda técnico do time em 58, sendo campeão paranaense. Alfredo Gottardi está sendo velado no setor destinado ao restaurante da Arena da Baixada. O enterro acontecerá amanhã, às 11h, no cemitério da Água Verde. Fica ao grande goleiro atleticano, a homenagem e o agradecimento por tudo prestado ao Clube Atlético Parananese. Descanse em paz, Caju.



Últimas Notícias

Opinião

Guenta os Coxa

Foram, são e serão sempre os nossos rivais. Sim, temos que “guentar os coxas”. Hoje pode parecer fácil, mas não é. No rugby aprende-se muito…

Paranaense

TRICAMPEÃO!

Rubro-negros e alvi-verdes protagonizaram a 19ª final entre eles na história da competição estadual. Com o resultado, o Athletico somou o 10° título sobre o…