O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
29 out 2015 - 11h37

Realidade que incomoda

Poderia dizer mais do mesmo, já vi esse filme, a cena se repete, enfim, inúmeros são os adjetivos para mostrar o quanto a falta de um planejamento estruturado, arquitetado e estudado com tempo faz, resultado disso, a pífia campanha do Atlético/PR em todas as competições que participou e vem participando nos últimos anos, melhor dizendo de 2009 em diante. Ano esse do nosso último título, dessa época para atual, foram apenas alguns lampejos, sustos na torcida e nada mais.

Quase campeões da Série B em 2012, vice da Copa do Brasil em 2013, algumas participações na Libertadores e Sulamericana e muitos outros vices no Paranaense, esse último, deixado de lado pela gestão, pois sempre almejaram algo maior, mas, convém ressaltar para que se consiga algo maior e mais importante, é interessante montar um time para tal, coisa que há muito não temos, apenas promessas eleitoreiras.

Agora estamos novamente dentro da triste realidade que tanto nos incomoda, ou seja, manter-se na Série A do próximo ano, aguardar o desfecho desse campeonato Brasileiro, já que deixou de ser prioridade quando ainda estávamos mais bem posicionados (a míseros três pontos do tal G4), mas, nem pra isso tivemos a competência necessária para conquistar.

Não vou enumerar os jogos, pois todos sabem que ficamos nove partidas sem vencer ou sequer adotar uma postura competitiva, ao contrário, a apatia assombrou o time e manteve-se até então. O Walter em entrevista recente a RPC havia comentado que esse time seria campeão da Sulamericana, faltou apenas um detalhe, combinar isso com o Kadu e o Vilches, acho que eles não sabiam dessa pretensão toda e também, mencionar em qual ano isso aconteceria.

Nesse instante, não pretendo mencionar ou sonhar com algo para o Atlético/PR em se tratando de títulos, apenas aguardar o que será daqui em diante, visto que esperamos, sonhamos, apoiamos e torcemos muito pelo Furacão nos últimos seis anos ainda mais, mas, fomos deixado de lado, ingresso caro, fomos afastados do Estádio, jogadores não podem ceder entrevistas, falta transparência no que ocorre nos bastidores, tudo bem que alguns assuntos não podem ser divulgados, mas, há muita mais coisa que pode e nem isso temos mais.

Agora é ajuntar os cacos, repensar no que pode ser feito e retirar alguma lição desse ano, se é que conseguem e terão humildade para isso, enfim, procurar posicionar-se melhor na tabela de classificação do Brasileiro e encerrar o ano com a eleição, afinal, é o futuro do Atlético/PR que esta em cheque no momento.

Afinal, a vida segue o seu rumo e o Atlético/PR tem um longo caminho pela frente, espero e continuarei torcendo para que seja vitorioso e de conquistas, chega de “vice-isso”, “vice-aquilo”, já passou da hora de ser protagonista e também, chega dessa história de ser apenas mais um coadjuvante nos campeonatos em que venha disputar.

SRN e feliz 2016 para todo mundo!



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Brasileirão 2019

Após o título do Furacão pela Copa do Brasil, o estado de êxtase que cada athleticano vive é algo surreal. É um momento mágico, fruto…