6 nov 2015 - 9h59

Defesa ainda não foi definida

Sem contar com o zagueiro Kadu mais uma vez suspenso pela sequencia de três cartões amarelos, o técnico Cristóvão Borges ainda não definiu quem será o companheiro que formará com Christian Vilches a dupla de zaga do Atlético diante do Avaí. Esta é a terceira sequencia de três amarelos do zagueiro Kadu, o recordista do time neste quesito.

Disputam a posição o jovem Ricardo Silva que reapareceu contra a Chapecoense e o ex-Palmeirense Wellington que vinha sendo o substituto natural na ausência de um dos titulares.

A defensiva atleticana viveu momentos de grande instabilidade no campeonato, com a equipe sofrendo gols em oito partidas consecutivas. Na Sul-Americana, dada a fragilidade dos adversários, o Furacão teoricamente estava bem na retaguarda, sendo a defesa menos vazada do torneio, mas sofrendo gols justamente na partida onde somente não levar gols classificaria o time para as semi finais.

Já no Brasileiro o Atlético não sofreu gols nas duas últimas partidas, mostrando melhora no setor.



Últimas Notícias

Brasileirão A1|Opinião

NEM 8, E NEM 80

O título do que será relatado abaixo, resume muito o sentimento desse ilustre torcedor quem vos escreve.   Na noite de ontem o Furacão entrou…