30 jun 2005 - 0h36

Waldemar receita humildade e confiança ao Atlético

Na tarde desta quarta-feira, dia 29 de junho, o alpinista paranaense Waldemar Niclevicz recebeu o título de “Cidadão Benemérito” do Paraná em sessão solene realizada na Assembléia Legislativa do Estado. Contando com a presença de diversas autoridades, entre elas os também atleticanos Orlando Pessuti, vice-governador do Paraná e Paulo Salamuni, vereador da Câmara Municipal de Curitiba, a sessão foi muito emocionante, com Waldemar contando as inúmeras dificuldades de sua última expedição, comemorativa aos 10 anos de sua primeira escalada rumo ao cume do Monte Everest, o mais alto do mundo.

Em 1995, ele e seu companheiro Mozart Catão tornaram-se os primeiros brasileiros a escalar a montanha mais famosa do Himalaia. Catão veio a falecer em 1998, vítima de uma avalanche no Aconcágua. Sendo assim, coube ao paranaense Irivan Gustavo Burda ser o parceiro de Waldemar na Expedição 10 Anos da Conquista Brasileira – Everest 2005. Waldemar Niclevicz nunca escondeu sua paixão pelo Atlético e nesse momento tão importante da vida do Rubro-negro, ele destacou em entrevista exclusiva ao site Furacao.com que a conquista de uma vaga na final da Libertadores representará muito mais que uma vitória do Furacão: será uma vitória do Paraná e do Brasil. Confira:

É possível fazer uma comparação entre a sua última escalada ao Everest e a situação que o Atlético vive no momento?
O nosso Atlético, nosso grande Furacão? Talvez tenha sido a mesma lição que a gente tenha aprendido agora, junto com o Irivan no Everest. Tudo foi muito difícil! A nossa temporada foi de muitas tempestades, mas a gente agüentou até o final, a gente fico até o final e voltou com uma vitória que fez realmente valer a pena todo o esforço.

E especificamente sobre o time, o que você tem a comentar?
O Atlético está bem, eu tenho certeza que terá um grande desempenho amanhã (quinta-feira), mas o importante é ter humildade, humildade o suficiente para respeitar o adversário, assim como nós respeitamos a montanha, e acreditar até o final que ele pode trazer essa vitória pro Brasil.

Então você acredita que essa possível conquista se estende a muito mais do que simplesmente o Atlético?
Tenho absoluta certeza. É uma vitória pro Brasil, aqui para o Paraná, e eu estou muito confiante que nós, quer dizer, eles vão voltar para cá com mais uma grande vitória. Vai ser mais uma vitória do futebol brasileiro, e com nossa força, com nossa alma rubro-negra tudo vai dar certo. O Paraná vai brilhar mais uma vez, pode ter certeza.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…