6 maio 2014 - 21h23

Manoel tenta rescisão na justiça

O zagueiro Manoel tenta na justiça a rescisão de seu contrato com o Atlético. Nesta terça-feira, os advogados do jogador deram entrada a uma ação na Justiça do Trabalho pedindo pela rescisão indireta, que significa a liberação do contrato por culpa do clube – o contrato do jogador vence em 31 de dezembro de 2015. Como justificativas, o atleta alega atrasos de pagamento, assédio moral e afastamento das atividades no elenco principal, conforme já havia adiantado em notificação ao clube, na semana passada.

A situação envolvendo Manoel veio à tona no último dia 12 de abril, quando o Atlético divulgou nota comunicando o afastamento do atleta, sob alegação de indisciplina e declarações constantes do atleta de que pretende sair e não mais continuar vestindo a camisa atleticana. Na semana passada, o jogador tentou uma última ação antes de recorrer à justiça, notificando o clube para seu retorno.

Como resposta, o zagueiro até foi convocado para a partida contra o Cruzeiro, mas preferiu não viajar. Em entrevista à jornalista Nadja Mauad, o advogado de Manoel, Henrique Caron, explicou que o clube não cumpriu todos os itens solicitados na notificação, em especial a retratação pública, por isso preferiu não viajar. “Os termos são os mesmos citados na notificação que foi entregue ao Atlético. Direito de imagem, premiação atrasados, assédio moral, afastamento. Por enquanto ele continua trabalhando normalmente – até acontecer uma intervenção judicial”, explicou Caron.



Últimas Notícias

Opinião

Aha, uhu, o Maraca é nosso!!!

Toda a pessoa que se diz apaixonada por futebol deve um dia conhecer o Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã e ontem meu…

Notícias

Cadê a torcida?

As médias de público do Athletico vem diminuindo ano a ano desde a reinauguração da Baixada pós Copa do Mundo e de maneira mais forte depois…