23 maio 2016 - 17h02

Son Salvador: "A expulsão do Paulo Autuori foi covarde"

A atuação do paulista Flávio Rodrigues de Souza no empate do Atlético com o Atlético Mineiro por 1 a 1 foi tão ruim que não passou incólume nem sequer da imprensa mineira. O comentarista Son Salvador, do Estado de Minas, criticou o árbitro pela falta de critério na marcação do pênalti a favor do Galo e na expulsão de Paulo Autuori, ainda no primeiro tempo. Detalhe: Son Salvador é declaramente torcedor do Atlético Mineiro.

"A expulsão do Paulo Autuori foi covarde. Foi covarde. É inadmissível. O cara chega lá e diz: ‘me xingou’. Peraí!", afirmou Son Salvador, no quadro Bate-papo com o Son, no portal Superesportes.

O comentarista disse que essa tentativa de amordaçar as críticas é uma medida para encobrir os erros: "como eles sabem que a arbitragem é péssima, eles estão amordaçando as reclamações, amordaçando técnicos".

Sobre o lance do pênalti, o jornalista mineiro admitiu que o Galo foi beneficiado. Na visão dele, os erros a favor dos times mineiros neste início do campeonato serão compensados no momento decisivo da competição.

"E não tem critério, né? A bola bateu na mão do defensor do Atlético [Mineiro] o cara não deu pênalti. Bateu na mão do rapaz do Atlético Paranaense, ele deu pênalti. Isso, gente, serve para depois justificar um monte de erros contra o futebol mineiro. Isso é histórico!", concluiu.



Últimas Notícias

Opinião

Guenta os Coxa

Foram, são e serão sempre os nossos rivais. Sim, temos que “guentar os coxas”. Hoje pode parecer fácil, mas não é. No rugby aprende-se muito…

Paranaense

TRICAMPEÃO!

Rubro-negros e alvi-verdes protagonizaram a 19ª final entre eles na história da competição estadual. Com o resultado, o Athletico somou o 10° título sobre o…