31 out 2007 - 13h27

Começa a mobilização para Curitiba 2014

Após a indicação do Brasil como país sede da Copa do Mundo de 2014, o Governo do Paraná através do vice-governador, Orlando Pessuti, estará pleiteando junto ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que a cidade de Curitiba seja uma das sedes da Copa do Mundo em 2014. Apesar de não ter enviado nenhum representante paranaense a Zurique, na Suíça, onde foi feito o anúncio oficial pelo Comitê Executivo da Fifa, o Paraná já tem definida uma estratégia para fazer Curitiba uma das sub-sedes do Mundial.

Segundo Pessuti, após a volta do presidente de Ricardo Teixeira ao Brasil, uma comitiva paranaense irá se reunir com os dirigentes da CBF. Essa comitiva será composta pelo próprio vice-governador, além do secretário-chefe da Casa Civil, Rafael Iatauro, o primeiro-secretário da Assembléia Legislativa, Alexandre Curi, e dirigentes do Atlético, já que a Arena da Baixada foi o estádio escolhido pelo governo do Paraná para abrigar os jogos do Mundial.

De acordo com secretário do Turismo, Celso Caron, o Governador Roberto Requião sabe dos reais valores de trazer jogos da Copa para o Estado do Paraná, o que alavancaria também o Turismo no estado. As secretarias de Estado do Turismo e do Esporte foram as responsáveis pelo preenchimento do caderno de encargos da Fifa com a candidatura paranaense para ser sub-sede do evento.

Disputa para receber jogos da Copa

No evento realizado nessa terça-feira em Zurique, na Suíça, o Brasil esteve representado por personalidades do esporte como o atual técnico da seleção Brasileira, Dunga, pelo jogador Romário e por personalidades extra-campo como o escritor Paulo Coelho. No campo político, além da presença do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, estiveram também na Europa, 12 governadores de diferentes regiões do Brasil.

Ao todo, 18 cidades são candidatas para receber jogos, porém apenas 12 centros serão escolhidos pela CBF e pela FIFA no segundo semestre de 2008. Curitiba através da Kyocera Arena disputa com Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Rio Branco (AC), Belém (PA), Manaus (AM), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Brasília (DF), Goiânia (GO), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Natal (RN), Recife (PE) e Salvador (BA).

Histórico

No dia 28 de maio de 2007, chegava ao fim uma novela que se arrastou por quase um mês na definição de qual estádio em Curitiba deveria ser indicado para representar o estado do Paraná na definição das cidades sedes para a Copa do Mundo em 2014 no Brasil. Coritiba, Paraná Clube e Federação Paranaense de Futebol uniram forças para tirar a vaga já quase assegurada da Arena da Baixada, indicando o estádio do Pinheirão como alternativa.

Porém, o bom senso prevaleceu e o estádio atleticano foi o indicado. "Em decisão conjunta com uma comissão e o Governador do Estado, Roberto Requião, optamos pela Kyocera Arena. Existia a possibilidade do Pinheirão, da Federação Paranaense de Futebol ser o indicado, mas o projeto da Kyocera Arena é mais viável financeiramente", declarou na época o vice-governador do Paraná, Orlando Pessutti.



Últimas Notícias

Opinião|Sul-Americana

Libera a torcida!

Uma noite histórica em um jogo com um cardápio recheado de garra, luta, determinação, superação, entrega, guerra, -TIME DE GUERRA – sim não faltam adjetivos…