O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
21 jun 2016 - 11h28

Tática a La Samba do Crioulo Doido

Em resumo a nossa tática ou esquema tático está bem a cara do samba do crioulo doido, pois a cada rodada é uma equipe em campo, antes era Walter e André Lima que não poderia jogar juntos, mas jogaram uma partida ou duas juntos, outra é que todos tem que estarem preparados para o jogo, e neste ponto ele está correto, só que alguns tem condições para isso outros nem sei porque ainda estão no CAP.

Sendo assim o que se viu ontem no jogo contra o Santos foi isso. Um verdadeiro samba do crioulo doido em campo. Se tinha Walter mas o jogo não evoluía é porque ele estava na posição errada ou não adaptado a nova função ou a função que lhe foi designada. Para arrumar a casa colocaram no segundo tempo o sumido Vinícius e o grupo começou a jogar mais e chegar ao gol da vitória. Até nem sei porque o Vinícius não vem sendo mais aproveitado do que deveria?

O que realmente eu ainda acredito, que futebol é algo muito simples de se fazer, até me lembro do tempo de moleque jogando em campo de várzea quando a gente montava um time. Era simplesmente escolhido os que jogavam melhor em suas posições ou aptidões como os goleiros e zagueiros dos times, seria os que tinham afinidades com a posição e gostavam de jogar nela e assim se ia montando os time, do goleiro aos atacantes. No final era tudo muito simples e o pessoal jogava muita bola, pois sabia desde moleque qual era seu ofício em campo.

Hoje é um tal de polivalente, que se diz jogar em qualquer posição, mas na hora H a história é bem outra, é um tal da fazer zagueiro vira meio campista ou atacante como já aconteceu no CAP, é lateral direito jogar na esquerda e vice e versa e por ai se vai montando um time que os jogadores até são tecnicamente competentes, mas por não terem o cacoete de jogarem na posição que eles foram designados, não conseguem evoluir em campo.

E se não começarem a pensar que futebol é na base da simplicidade para dar resultado, vai ser sempre assim, jogar na sorte de quem entrar para arrumar a casa como foi ontem.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Brasileirão 2019

Após o título do Furacão pela Copa do Brasil, o estado de êxtase que cada athleticano vive é algo surreal. É um momento mágico, fruto…