15 ago 2022 - 9h10

Desastre aéreo no Maracanã

O Athletico foi massacrado pelo Flamengo, que impôs 5 a 0, ao natural, nesse domingo(14), diante de 62 mil pessoas, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Quatro dos cinco gols foram em jogadas aéreas, de escanteio, em tarde para o colombiano Nico Hernandez apagar da sua memória. Com o resultado, o Furacão caiu para o em 5º lugar, com 37 pontos. Enquanto os cariocas assumiram a vice-liderança, com 39 pontos.

Reservas de ambos os lados

Como as duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, pelo jogo de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil, em Curitiba, ambos os treinadores mandaram a campo, nesse domingo, equipes reservas.

A primeira etapa

Com amplo domínio no primeiro tempo, o Flamengo teve grande força pelas pontas, com Marinho e Everton, auxiliados pela profundidade de Mateuzinho e a força de Airton Lucas. O Athletico se segurou como pode. Por pelo menos quatro vezes, na primeira etapa, o goleiro Anderson impediu a abertura do placar. Por outro lado o Athletico não levou perigo ao gol carioca nos primeiros 45 minutos.

A chuva de gols da segunda etapa

Com uma postura levemente mais ofensiva do Athletico, iniciou o pesadelo. Logo de início tomou dois gols de escanteio, aos 10 e aos 13, ambos de Fabrício Bruno com assistência de Marinho, como replays. Na sequência, aos 17, num contra-ataque, Ayrton Lucas finalizou, anotando o terceiro gol do urubu. O Furacão não soprou, nem após as substituições e aos 26, em novo escanteio cobrado por Marinho, Lázaro de cabeça anotou o quarto gol. No apagar das luzes, aos 47, veio o golpe final, que nocauteou o Athletico: a mesma cena, com outros figurantes… Arrascaeta bateu escanteio no segundo pau, e como manda o figurino, Pedro tocou de cabeça para o fundo das redes encerrando o vexame.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 5×0 Athletico

Local: Estádio do Maracanã

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Flamengo: Santos, Matheuzinho, Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Diego, Thiago Maia e Victor Hugo (Arturo Vidal); Marinho (Gabigol), Diego (Arrascaeta) e Everton Cebolinha (Pedro); Lázaro (Vitinho). Técnico: Dorival Júnior

Athletico: Anderson; Orejuela, Matheus Felipe, Nico Hernández e Pedrinho (Abner); Erick e Alex Santana (Matheus Fernandes); Vitinho, Vitor Bueno (Cittadini) e Rômulo (Canobbio); Vitor Roque. Técnico: Felipão
Gols: Fabrício Bruno (10-2º e 13-2º), Ayrton Lucas (17-2º), Lazaro (26-2º) e Pedro (47-2º)
Cartões amarelos: Pablo, Thiago Maia, Marinho (F). Vitor Roque, Alex Santana (A).



Últimas Notícias

Brasileiro

Empate com gosto amargo

Na última partida do domingo (18), Athletico e Cuiabá se enfrentaram pela 27ª rodada do Brasileirão no Joaquim Américo diante de pouco mais de 17…