31 mar 2006 - 17h35

Atlético é absolvido pelo TJD

O Clube Atlético Paranaense foi absolvido por unanimidade pela 1º Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná em julgamento ocorrido na noite desta quinta-feira. O clube foi julgado porque o árbitro Antônio Denival de Morais, que apitou o jogo contra a ADAP, na Kyocera Arena, relatou na súmula que houve arremesso de copos plásticos no gramado. Por isso, o Atlético foi incurso no art. 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

O advogado Domingos Moro, contratado pelo Rubro-Negro, proferiu sustentação oral. Depois, os auditores da 1º Comissão Disciplinar votaram por unanimidade no sentido de absolver o Atlético. "Demonstramos através de imagens e depoimentos que o relatado em súmula não ocorreu e por este motivo não teria sentido em apenar a associação", comentou Moro.

Outros julgamentos

Também nesta quinta-feira foram julgados o goleiro Cléber Alberti e o auxiliar técnico Vinícius Eutrópio, expulsos por Antônio Denival de Morais após reclamarem da terceira anulação de um gol do Atlético na partida (vencida pela ADAP por 2 a 1). Cléber foi punido com apenas um jogo de suspensão (que deverá ser cumprida em competições organizadas pela FPF) e Vinícius foi suspenso por 30 dias.

As duas decisões estão sujeitas a recursos para o Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva.



Últimas Notícias

Notícias

Já faz um ano….

Neste dia 04 de março faz exatamente um ano que o torcedor atleticano viu o Furacão de perto, ao vivo e em cores dentro da…